Voltar
Brésil en Bulles
Manifestação típica da cultura de massas, as historias em quadrinhos são, por excelência, uma expressão artística do século vinte e desde cedo se revelaram uma manifestação cultural com um grande potencial de contestação, poderosa arma de ataque às instituições e instrumento de critica social e de costumes.

Mas na essência, é seu caráter transgressor e de permanente renovação que irá lhe emprestar um grande vigor e desta forma garantir sua presença e influência ao longo de todo século, atingindo milhões de pessoas em diferentes culturas, transformando outras linguagens e se afirmando como forte fator de identidade para muitos grupos sociais.

O quadrinho brasileiro contemporâneo é uma linguagem dotada de grande vitalidade, com uma capacidade de alcançar diferentes segmentos sociais ao mesmo tempo que exerce influência sobre outras expressões artísticas.

Das artes plásticas ao cinema e televisão, passando pelas complexas redes de comunicação estabelecidas pelo advento da internet, as histórias em quadrinhos ajudam a construir uma identidade cultural para o país.

O objetivo deste projeto é mostrar como a história em quadrinhos, uma das expressões artísticas do nosso povo, participa do processo de construção da identidade cultural brasileira. Este projeto fará parte da programação das atividades culturais que, Brasil e França, decidiram celebrar ao longo de 2005.

Oito autores, contemporâneos, representativos da história em quadrinhos brasileira, foram escolhidos para participar dessa exposição. São autores que tratam de temas históricos, urbanos, modos de vida e costumes tão diversos quanto suas concepções estéticas e narrativas. São eles: Lourenço Mutarelli, Marcello Quintanilha, Marcelo Lelis, César Lobo, Jô Oliveira, Samuel Casal, Osvaldo Pavanelli e Eloar Guazzelli.

A França considera os quadrinhos como a Nona Arte. Segundo André Malraux, o presidente Charles De Gaulle disse, em determinada oportunidade, que seu único rival internacional era o personagem Tintin. Ele tinha razão!

A importância desta arte para a sociedade francesa é evidenciada através da vitalidade de seu mercado editorial. Segundo o Syndicat National de l'Edition, 2.526 títulos diferentes (1.730 inéditos) foram publicados em 2003, representando 35 milhões de exemplares vendidos. Este segmento editorial é responsável por 13% do mercado de livros. Para cada 10 livros vendidos, um pertence ao setor de histórias em quadrinhos. No território francofone europeu, este setor representa 5,49% dos livros editados.

Hoje, os quadrinhos são considerados pelo conjunto da população francesa como educativos e originais, seu público é cada vez mais jovem (84% das pessoas entre 8 e 14 anos lêem quadrinhos) e feminino (45% dos leitores de quadrinhos, hoje, é composto por mulheres).


Exposição: Brésil en Bulles
Data: 03 a 30 de junho de 2005
Local: Mediathèque de Moulins - Lille - França

Rua Visconde de Paranaguá, 37 D - Rio de Janeiro - RJ - Brasil
CEP 20241-070 - Tel. (21) 2222-0039 - casa21@editoracasa21.com.br
Desenvolvido por Ocara Interfaces Digitais